Notícias

27/10/2014

Brigada de Combate a Incêndio

A formação da brigada de incêndio deve atender aos critérios estabelecidos pelo DECRETO 46.076 de 31 de agosto de 2001, observando ainda a Instrução Técnica nº 17.

Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos sobre prevenção, isolamento e extinção de princípios de incêndio, abandono de local com sinistro, além de técnicas de primeiros socorros.

Parte Teórica

Objetivos do curso e o brigadista;
Responsabilidades e comportamento do brigadista;
Teoria do fogo;
Combustão e seus elementos - tetraedro do fogo;
Propagação do fogo (condução, irradiação e convecção);
Classes de incêndio;
Conhecer as classes de incêndio;
Métodos de extinção (isolamento, abafamento, resfriamento e extinção química);
Ventilação Técnicas de ventilação;
Agentes extintores - características e aplicações;
Equipamentos de combate a incêndio: extintores, hidrantes, mangueiras, acessórios- aplicações e manuseio;
Equipamentos de detecção, alarme e comunicações - Tipos e funcionamento;
Abandono de área - Conhecer as técnicas de abandono de área, saída organizada, pontos de encontro e chamada e controle de pânico;
Análise de vítimas - Avaliação Primária;
Vias aéreas - Causas de obstrução e liberação;
RCP (Reanimação Cárdio - Pulmonar) - Ventilação artificial e compressão cardíaca externa;
Hemorragias - Classificação e tratamento;


Parte Prática

Combate a incêndios - Praticar as técnicas de combate a incêndio;
Primeiros Socorros;

Fonte:http://www.salomaoassessoria.com.br/brigada.html